Política Política

Carlesse em Talismã afirma que irá lutar pela reeleição

O evento reuniu vários prefeitos do Estado.

14/10/2021 21h41 Atualizada há 6 dias
239
Por: Redação
Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

O governador Mauro Carlesse assinou convênios do Programa Tocando em Frente em Talismã, nesta quarta-feira, 13. O evento reuniu vários prefeitos do Estado.

Cerca de 20 cidades já assinaram os convênios. Carlesse lembrou que iniciou o projeto para governador 2018 na mesma cidade.

Carlesse chegou aclamado no evento ao lado de 10 deputados estaduais e do deputado federal Carlos Gaguim. Ele afirmou: "sou candidato à reeleição, vou disputar mais um mandato, eu disputei um mandato tampão e ele não conta como reeleição", disse.

"Se vamos ganhar ou não o povo é que sabe, mas vou pedir voto e trabalhar neste sentido", ressaltou. Carlesse citou o nome de vários aliados presentes, inclusive o senador Eduardo Gomes.

Perguntado sobre o Senado, ele disse que vai definir junto com o grupo. "Não podemos deixar nenhum do nosso grupo de fora", afirmou.

Ele disse que a maioria dos políticos do Estado tem trabalhado pelo Estado. "Maioria como o Gaguim e o Eduardo Gomes trabalham 24 horas pelo Estado", disse.

 

Na conta!

Tanto o Tocando em Frente quanto o Pró-município contam com recursos do próprio Estado, totalizando R$ 3 milhões por município. O Tocando em Frente prevê a liberação de R$ 2 milhões por município para execução de obras como centros esportivos, quadras de esportes, praças, feiras cobertas e orlas turísticas para cidades banhadas por rios e lagos. Cabe ao município apresentar seu projeto e a documentação necessária para então celebrar a parceria, na qual o Governo do Tocantins entra com o recurso e o município executa a obra.

Carlesse disse que o dinheiro do recurso já estará na conta dos municípios.

Já o Pró-município consiste na destinação de R$ 1,20 milhão para obras de pavimentação ou recuperação de pavimento urbano dos municípios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.