Anúncio
Geral Geral

Ministério Público cobra do Estado redução de leitos de UTI Covid no Hospital Regional de Gurupi

A 6ª Promotoria de Justiça de Gurupi requisitou do governo do Estado e da Secretaria Estadual de Saúde explicações sobre a informação de que foram reduzidos para apenas dez os leitos de UTI Covid-19 no Hospital Regional de Gurupi (HRG).

13/01/2022 11h39
37
Por: Redação Fonte: Coluna do CT
Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Segundo o Ministério Público Estadual, o pedido foi feito na segunda-feira, 10, quando todos os leitos da unidade de saúde estavam ocupados, conforme dados do site Integra Saúde (integra.saude.to.gov.br/covid19).

Chegou a ter 56 leitos em 2021

O promotor Marcelo Lima Nunes disse que no ano passado o HRG chegou a contar com 56 leitos de UTI Covid-19. No documento enviado ao Estado, ele solicita a comprovação documental e memorial fotográfico acerca da habilitação de novos leitos de UTI Covid-19 junto ao Ministério da Saúde, além das providências efetivas adotadas para garantir, caso os leitos do HRG ainda não estejam habilitados, a internação de pacientes abrangidos pela Regional da Ilha do Bananal em demais leitos de UTI Covid-19 situados no Tocantins ou em outros Estados, sob a responsabilidade e às custas da Sesau.

Mais dez leitos

Na reunião dessa quarta-feira, 12, do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus, o secretário estadual da Saúde, Afonso Piva, admitiu que Gurupi “já está no topo de sua ocupação” e que já solicitou mais dez leitos de UTI para a cidade. “E, caso haja necessidade, também podemos fazer a movimentação do paciente de uma cidade para outra”, disse.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio