Geral Tocantins

Operação Hórus da Polícia Civil resulta na prisão de sete pessoas suspeitas por crimes diversos no sul do Tocantins

Operação foi realizada durante na última semana e foi concentrada nos municípios de Peixe e São Valério do Tocantins

24/01/2022 08h50 Atualizada há 4 meses
Por: Redação
SSP/Governo do Tocantins - Foto: Operação foi realizada durante toda a semana e foi concentrada nos municípios de Peixe e São Valério do Tocantins
SSP/Governo do Tocantins - Foto: Operação foi realizada durante toda a semana e foi concentrada nos municípios de Peixe e São Valério do Tocantins

Sete homens presos e suspeitos pelas práticas de crimes como homicídio, tráfico de drogas, estupro de vulnerável e roubo. Esse foi o resultado de mais uma etapa da Operação Hòrus, realizada pela Polícia Civil do Tocantins entre os dias 17 e 21 de janeiro, nas cidades de Peixe e São Valério do Tocantins.

Coordenada pelo delegado-regional, titular da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Gurupi, Joadelson Rodrigues Albuquerque, com apoio dos delegados Rafael Falcão e João Paulo Ribeiro, a ação foi realizada em cumprimento a mandados de prisão preventiva, decretados pela Vara Criminal da Comarca de Peixe. Contando com um relevante efetivo de policiais civis da 8ª Divisão de Combate ao Crime Organizado (8ª Deic), de agentes da 3ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoas (3ª DHPP), de Gurupi, com apoio de policiais da 94ª Delegacia de Peixe, as equipes atuaram durante toda a semana com o intuito de localizar e efetuar as capturas dos indivíduos.

Segundo o delegado Joadelson Rodrigues, após investigações apontarem os paradeiros dos suspeitos, os policiais civis iniciaram os cumprimentos dos mandados judiciais, sendo que um homem, de 38 anos, suspeito por furto qualificado foi localizado e preso em Peixe, no último dia 17. Também em Peixe, um indivíduo de 21 anos, investigado por tráfico de drogas, foi capturado. Já no dia 19 de janeiro, mais dois suspeitos foram localizados na zona rural do município e também em São Valério do Tocantins. Trata-se de um homem de 48 anos, suspeito pelos crimes de violência doméstica e familiar, descumprimento de medida protetiva e perseguição, capturado em Peixe. Em São Valério, um homem de 77 anos, investigado pelo crime de estupro de vulnerável, também foi preso.

Na tarde dessa sexta-feira, 21, os policiais civis da força-tarefa da 7ª Regional se deslocaram para zona rual, distante 80 km da sede do município de Peixe, onde localizaram e prenderam um homem de 48 anos que é suspeito de praticar o crime de homicídio tentado. Em Jaú do Tocantins, um homem de 42 anos, investigado pelos crimes de violência doméstica e familiar, ameaça e lesão corporal, também foi preso. Também no âmbito da Operação Hórus, e com informações repassadas pelas equipes da 7ª DRPC, policiais militares, com apoio de policiais penais prenderam um homem de 43 anos por furto qualificado de gado, na cidade de Natividade. Após os procedimentos legais cabíveis, todos os indivíduos presos foram encaminhados à Unidade Penal de Gurupi, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

Segundo Joadelson Rodrigues, o resultado de mais uma etapa da Operação Hórus é muito satisfatório, uma vez que suspeitos de crimes diversos e até hediondos foram retirados de circulação. “As ações da 7ª DRPC resultaram em seis prisões de pessoas que são consideradas de alta periculosidade e ainda estavam em liberdade. Desse modo, por meio da Operação Hórus, e de um grande trabalho investigativo, foi possível cumprir os mandados de prisão contra todos os indivíduos que se encontravam foragidos. As prisões trazem mais paz e tranqüilidade a toda a população e reafirmam o compromisso da Polícia Civil com a lei e a legalidade”, frisou o delegado.

O delegado-chefe da 8ª Deic, Rafael Falcão, ressaltou que a Operação Hórus foi muito proveitosa, uma vez que foram presos indivíduos investigados por crimes graves. “As equipes da 8ª Deic e também da 3ª DHPP não mediram esforços para que a operação pudesse ser realizada com sucesso. Nesse sentido, o apoio das unidades especializadas de Gurupi às delegacias de Peixe e São Valério foi de suma importância, uma vez que, resultou na localização de todos os procurados que ainda estavam soltos”, ressaltou a autoridade policial.

Ao analisar os resultados da Operação Hórus, o delegado João Paulo Ribeiro, titular da 94ª DP, de Peixe, agradeceu o apoio dos policiais civis da 7ª DRPC. “Aqui na nossa cidade a operação foi denominada de Peixe Segura e ganhou o reconhecimento da população que enalteceu as ações da Polícia Civil. Nesse sentido, o apoio dos policiais civis da 7ª DRPC à 94ª DP foi de grande valia para que pudéssemos restaurar a sensação de segurança em Peixe e São Valério”, explicou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio